Histórico

No dia 18 de junho de 1951, chegaram a Três Rios(RJ), quatro Irmãs Filhas do Divino Zelo que iniciaram no Brasil uma história de lutas, bênçãos e determinação. Com muita garra e trabalho receberam crianças para educar.

O Colégio Santo Antônio está situado à Rua Gomes Porto, 164, Centro, Três Rios/RJ, Cep 25804-070, Fone/Fax (24)2252-0222, é mantido pela Congregação das Filhas do Divino Zelo, Província Nossa Senhora do Rogate, com sede à Rua Florianópolis, nº. 1560 – Jacarepaguá/RJ, registrado no Cartório Civil das Pessoas Jurídicas, Rio de Janeiro, sob o nº. 94.279.

O Colégio Santo Antônio é reconhecido através da Resolução SEEC nº 416/81 e está autorizado a funcionar com os seguintes cursos: Educação Infantil, Ensino Fundamental Primeiro e Segundo Segmentos, Ensino Médio e Curso Normal em Nível Médio.

O Colégio tem o objetivo de colaborar para a construção de uma sociedade mais justa para todos. Busca desempenhar suas atividades tendo como modelo Jesus Cristo, seus ensinamentos e sua forma de testemunhar o cuidado com a Vida. Seu modelo de educador é Santo Aníbal Maria Di Francia, homem que entregou a própria vida por todos os que estavam a margem da sociedade, doando-se na constante oração pelos bons operários(as) para o mundo e no incansável trabalho de educar crianças e adolescentes e assim resgatar a dignidade dos filhos e filhas de Deus.

O Colégio Santo Antônio não se encontra sozinho em sua missão educativa. Sua história começou há muitos anos em Messina-Itália, onde Aníbal Maria Di Francia assumiu a Missão de Zelar pelo mandamento de Jesus: Rogate = “Rogai ao Senhor da Messe que envie operários a sua messe” (Mt 9.36). Aníbal Maria Di Francia nasceu em Messina, no dia 05 de julho de 1851. Ainda em sua juventude percebeu a miséria de seu povo e a necessidade de homens e mulheres que se dedicassem a resgatar muitas vidas abandonadas. Doou sua vida aos pobres, principalmente na educação de crianças e jovens. No ano de 1887, fundou a Congregação das Filhas do Divino Zelo (FDZ), que levou adiante a missão que Deus confiou a Aníbal Maria. Sua primeira grande colaboradora na nascente Congregação foi Madre Maria Nazarena Majone, mulher de muita fibra e coragem, que entregou sua vida à construção do Reino de Deus em meio ao povo. Madre Nazarena tornou-se co-fundadora das Filhas do Divino Zelo, e faleceu em Roma, no dia 25 de janeiro de 1939. Santo Aníbal Maria morreu em 01 de junho de 1927. No dia 07 de outubro de 1990, o Papa João Paulo II o declarou Bem-Aventurado e, no dia 16 de maio de 2004, o proclamou Santo, sendo considerado o precursor da moderna pastoral vocacional e pai dos órfãos e dos pobres.

O ideal de Santo Aníbal Maria era que o “Rogate” se difundisse em todos os cantos do mundo, e assim aconteceu. Em 1951, parte da Itália, o primeiro grupo de missionárias, que se dirigiam ao Brasil, mais precisamente à cidade de Três Rios/RJ. Assim foi lançada fora do território italiano a semente que aqui germinou com diversas obras sócio-educativas, de promoção humana e evangelização.

A Congregação presta serviço à Igreja, no desempenho de um grande apostolado vocacional. Está presente em várias atividades pastorais como: educação, catequese, assistência e promoção dos menores carentes e idosos.

As Filhas do Divino Zelo rezam e propagam a oração pelas vocações. Assumem a mesma compaixão que Cristo teve pela multidão faminta e abandonada e dedicam-se com disponibilidade ao serviço da Igreja e dos irmãos, nos cinco continentes.

Rua Gomes Porto, 164
Centro - Três Rios - RJ
(24) 2252-0222 | contato@csa3rios.com.br